31/05/2012

de de

Ganymédes José - Brim Azul - A História de um Calça


   O livro “Brim Azul” conta a história do dono de uma fábrica de roupas, que pede para uma estilista criar uma nova calça, mas ele quer estilo brasileiro, com nome brasileiro, ele queria uma calça perfeita. Pois as pessoas estavam valorizando muito tudo que vinha do exterior. A estilista teve um pouco de trabalho, mas enfim ela terminou a calça, que iria ser chamar “Brim Azul”.
   “Brim Azul” é uma calça que vai passar por muitos donos, e é ai que começa o desenrolar da história.
   O livro tem uma linguagem de fácil entendimento, de leitura rápida. O livro é teen. Esse meu livro é bem antigo só que só fui lê-lo há pouco tempo. E eu demorei a terminar de ler, pois como eu já disse em outras resenhas, estou sem tempo. Mas, enfim, o livro não foi do meu agrado, achei um pouco cansativo.

Editora: Atual
Páginas: 70

23/05/2012

de de

Chico Anes - O Sonho de Eva


   O que posso falar desse livro? Fantástico, surpreendente, não tenho palavras para definir esse livro do Chico Anes. Quando você ver a sinopse do livro você fica ainda mais louca, pois ele começa com três perguntas:

O que pode ser mais importante para uma mulher do que o amor, o filho, a família... E a vingança?
E se tudo que você ama fosse arrancado de sua vida de forma brusca e violenta?
E se para recuperar o que amamos precisássemos apenas entender nossos sonhos?

   O livro conta a história de Eva Abelar, ela é a autoridade mundial dos sonhos lúcidos. Ela é convidada a dar uma palestra sobre sonhos lúcidos em outro país, e deixa o seu filho Joachim, com a sua irmã Ana.
   Depois que dá a palestra, ela descobre que sua irmã aparentemente se suicidou pulando do 20° andar e seu filho Joachim foi sequestrado (o filho da Eva é autista). Ana era a principal cientista do projeto DreamGame, um invento que seria revolucionário no mundo dos jogos, pois você poderia jogar enquanto dorme.
   É então que Eva é convidada pra ficar no lugar da sua irmã, para terminar o projeto que Ana começou na empresa Yumi, Eva procurando respostas aceita a proposta, se envolvendo em uma trama muito perigosa.
   É uma história envolvente, que surpreende o leitor do começo ao fim, uma história bem elaborada. Eu nunca tinha lido um livro parecido com esse, e amei. É uma ficção cientifica, que alguns momentos a um olhar filosófico, onde as coisas nem sempre aparenta o que é.
  O livro fala do mundo em que vivemos, onde a tecnologia influência nossas vidas, e que através dela podemos ser manipulados. É um livro de fácil entendimento, de leitura rápida. No livro você encontra um pouco de mistérios, com uma pitada de romance e drama. Eu super recomendo esse livro. E alguns dos meus amigos já até pediram para ler o livro.

P.s.: Esse livro eu ganhei do escritor, e veio autografado, e eu amei o presente.  

Editora: Novo Conceito Jovem
Páginas: 304

21/05/2012

de de

Ben Mezrich - Bilionários por Acaso

 
     Esse livro conta como foi a criação da rede social Facebook, como essa tão acessada rede social destruiu a amizade de dois amigos, onde poderia ter unido eles. É a história de como ganhar dinheiro e perder a inocência.
   Eduardo Saverin teve que deixar o Brasil, às pressas, para viver em segurança em outro país. Onde teve que se adaptar ao um novo “mundo”. Eduardo entrou na universidade Harvard.
    Foi nessa universidade em 2003 que Eduardo conheceu seu amigo Mark Zuckerberg, eles dois estavam procurando uma forma de se destacar na universidade ultracompetitiva. Em mais uma noite solitária Mark, invade o servidor do campus para realizar a proeza que provaria uma pane no sistema da instituição. Quase foi expulso, mas o episódio o inspirou a criar o Facebook.
   Financiada por Eduardo, a pequena start-up decolou do alojamento estudantil para o Vale do Silício. O site onde deveria juntar ainda mais dois amigos, acabou em um tribunal, onde um processou o outro. E por dinheiro a amizade acabou.  
    Eu estava com um pequeno probleminha para terminar esse livro, pois estava sem tempo nenhum, eu não estava conseguindo me concentrar, mas por fim terminei de ler, eu achei a leitura um pouco cansativa, não sei se foi pelo fato de eu ter demorado tanto para poder terminar a leitura.
   Eu achei um livro de fácil entendimento, de leitura rápida, e a linguagem bem jovem, pois o escritor escreveu o livro com palavrões, como os jovens hoje se comunicam, o escritor conseguiu usa a linguagem cotidiana da maioria dos jovens. Minha amiga adorou o livro. E sobre o filme, eu ainda não tive a oportunidade de assistir o filme.

Editora: Intrínseca
Páginas: 228

11/05/2012

de de

Pedro Bandeira - A Droga da Obediência


    Num clima de muito mistério e suspense, cinco estudantes - os Karas - enfrentam uma macabra trama internacional: o sinistro Doutor Q.I. pretende subjugar a humanidade aos seus desígnios, aplicando na juventude uma perigosa droga! E essa droga já está sendo experimentada em alunos dos melhores colégios de São Paulo. Este é um trabalho para os Karas: o avesso dos coroas, o contrário dos caretas!
    Se eu não me engano eu li esse livro ano passado, não foi muito do meu agrado, é um livro bem teen, bem água com açúcar.
    O enredo do livro conta que começam a desaparecer estudantes de algumas das escolas, e esse grupo “os Karas” começam a investigar e descobre quem é o doutor Q.I. é um livro que o mistério é logo decifrável.
    É um livro de fácil entendimento e de leitura rápida. Esse livro é bem infantil.

Páginas: 144
Editora: Moderna  
de de

Pedro Bandeira - A Marca de uma Lágrima


     Esse livro conta a história de Isabel uma menina que se acha feia. Que o seu maior inimigo é o espelho. Ela se acha gorda. Ela tem vários transtornos, se acha inferior a sua melhor amiga Rosana.
    Até que um dia sua mãe fala que elas vão ao aniversário do seu primo Cristiano, ela não quer ir, mas como é obrigada chama sua melhor amiga Rosana para ir com ela. Ao chegar lá, quando ela ver seu primo Cristiano ela se encanta, um novo sentimento surgi dentro dela.
   É nessa mesma festa que ela conhece Fernando, um menino que logo se encanta por Isabel, que não está nem ai pra ele, pois não para de pensar em Cristiano. É quando Isabel bebe demais e beija Fernando, achando que estava beijando Cristiano. E a partir daí ela não para de pensar em seu primo.
   Cristiano e Fernando vão estudar no mesmo colégio de Isabel, é quando ela descobre que Cristiano estar apaixonado por Rosana e ela por ele, e ambos pedem a ajuda de Isabel para poder um conquistar o outro.
  E Fernando vira amigo de Isabel, sempre estando ao seu lado. Mas sempre deixando claro que seus sentimentos iam além de amizade.
   Esse livro é super teen eu li quando tinha 12 anos, nessa idade eu gostei do enredo, é uma romance bem água com açúcar, onde há pequenos mistérios e um assassinato, que se você prestar atenção no livro, você logo vai saber.
   Meus amigos foram ler esse livro ano passado, e não gostaram, pois é um livro bem infantil. É um livro de fácil entendimento, e de leitura rápida. Quando meus amigos estavam lendo eu peguei o livro, e li algumas partes e sinceramente achei um pouco tedioso, talvez seje pela a minha idade, eu digo isso porque a irmã da minha amiga de 12 anos adorou o livro.
   Em muitas partes depois que peguei o livro e vi algumas cenas, achei Isabel patética, bobona, ela tinha um amor platônico pelo seu primo, e muitas vezes ela imaginava que era recíproco. Ela criou uma romance que não existia. E muitas coisas se encaixavam dizendo que ele não a amava e mesmo assim era persistia dizendo que ele a amava.

Páginas: 176
Editora: Moderna

de de

Claúdia Ferrari - American Bar


     É a história de quatro amigas, Bianca, Blanche, Bel, e Bruna, que se conhece em uma casa de prostituição de alto luxo, na cidade de São Paulo. Diante das relações vazias que vivenciam todos os dias, acaba nascendo entre elas uma enorme amizade, que superam todos os limites e ameniza várias dificuldades. Baseado em fatos reais, o livro revela o dia-a-dia dessas meninas e as inúmeras situações absurdas que são obrigadas a enfrentar. Provavelmente, muitos leitores se identificarão com os obstáculos apresentados, já que o cenário brasileiro é adverso para a maioria dos jovens que estão ingressando no mercado de trabalho. Porém, mais do que criticar um problema social, a história mostra que a amizade verdadeira é uma conquista valorosa, capaz de atravessar o tempo e a distancia. Apesar da prostituição ser um tema muito abordado e discutido hoje em dia, poucas são as oportunidades de se expor o que realmente acontece na vida das garotas de programa. O livro apresenta esse universo por meio de uma linguagem simples e romântica.
      Se eu não me engano li esse livro ano passado, minha amiga me emprestou o livro, e fiquei surpreendida com o enredo do livro, foi um tema para mim novo, pois nunca tinha lido um livro de tal aspecto, mas adorei, a cada página que li eu entendia as quatro amigas, e tudo os que elas passaram para estarem naquele local, e o que elas pretendiam para o futuro.
    É um livro emocionante, onde mostra o lado difícil da vida, como o nome do livro já diz, e mostra algumas das consequências, é uma história triste, e ao meu tempo mostra a força de uma verdadeira amizade, nesse meio, pois é um pouco incomum. Mostra a dor de uma perda, e a superação.
   É um livro que mostra a realidade das prostitutas de luxos, e você tem uma aprendizagem. É um livro que eu super recomendo. É de leitura rápida. E de fácil entendimento. É um livro que você não desgruda até chegar a última página.

Páginas: 139
Editora: América Juridica Edi
   



                                                          
de de

Harlan Coben - Cilada



    Haley McWaid tem 17 anos. É uma aluna exemplar, disciplinada, ama esporte e sonha em entrar em uma boa universidade. Por isso, quando certa noite ela não volta para casa, e três meses transcorrem sem que se tenha nenhuma notícia dela, todos na cidade começam a imaginar o pior.
    O assistente social Dan Mercer, recebe um estranho telefonema de uma adolescente, e vai ao seu encontro. Ao chegar ao local, ele é surpreendido pela equipe de um programa de televisão, que o exibe em rede nacional como pedófilo. Inocentado por falta de provas, Dan é morto logo em seguida. Na unção dessas duas histórias, está Wendy Tynes, a repórter que armou a cilada para Dan e que se torna a única testemunha de seu assassinato. Wendy, sempre confiou apenas nos fatos, mas seu instinto diz que Dan talvez seja inocente. Agora ela precisa descobrir se desmascarou um criminoso, ou foi culpada pela a morte de um inocente. Nas investigações a respeito da morte de Dan, e do desaparecimento de Haley, verdades inimagináveis são reveladas e a fragilidade de vidas aparentemente normais é posta à prova. Todos têm algo a esconder, e os segredos se interligam e se completam em um elaborado mosaico de mistérios. 
     O que posso dizer desse livro? A única coisa perfeito! Novamente Harlan Coben, me surpreende com a história que criou. Repleta de mistérios, vingança, um livro investigativo... E nada do que parece é... É uma história que prende a atenção do leitor até a sua última página. É um livro de fácil entendimento, de leitura rápida. E eu quero muito conhecer outros livros do Harlan Coben. Acho que to virando uma “Cobenriana”. Eu super recomendo esse livro.

Páginas: 272
Editora: Sextante

07/05/2012

de de

Lucinha Araújo - O tempo não para - Viva Cazuza


   O livro “O tempo não para – Viva Cazuza” é um livro onde Lucinha, mãe de Cazuza conta um pouco a trajetória de seu filho, e fala também sobre o seu projeto “Viva Cazuza”, onde ela trata de crianças com o vírus HIV.
   O livro traz alguns depoimentos, de pessoas que passaram na vida de Cazuza, como Ney Matogrosso, sua mãe, Sandra de Sá, Frejat, Ezequiel Neves, Nilo Romero, George Israel, o seu ex-namorado, e muito outros.
    Muitas das histórias que é contada no livro são impossíveis de não se emocionar. E muitas delas são muito tristes e outras engraçadas.
  Nesse livro é onde podemos ver a garra da mãe de Cazuza, desde quando descobriu a doença de seu filho, quando ele estava de definhando na cama, até a sua morte. Fala do sofrimento dela, e de como ela acostumou a ter aquela dor. Eu super recomendo esse livro. E pretendo ler o livro “Cazuza só as mães são felizes”.

Páginas: 272
Editora: Globo
de de

Cecily von Zieger - Gossip Girl - E as Delícias da Fofoca


   Eu adoro a série gossip girl, quando o meu amigo me emprestou  o livro, fiquei louca pra ler. Li esse livro ano passado, e gostei. Não me lembro de todos os detalhes. Mas vou falar de tudo que eu lembrar.
   O livro começa quando Serena volta de sua longa viagem a Europa, depois de ser expulsa do colégio de lá.
   Mas a sua melhor amiga Blair Waldorf, não está muito feliz de vê-la, pois no passado Serena ficou com o namorado dela. E, claro, Blair não quer perder o posto de menina, mas popular da escola e nem o seu namorado Nate para Serena.
    Bom primeiramente, a série e o livro têm suas diferenças. Na série Blair é filha única e no livro Blair tem um irmão mais novo. Eric na série é gay e é mais novo que Serena, já no livro Eric é, mas velho e não é gay. Na série o Chuck só tem pai, e se sente rejeitado por ele e é filho único, no livro Chuck tem pai e mãe e se sente rejeitado por ambos e ele também tem um irmão.
    Muitas coisas acontecem no Upper East Side de Manhattan em Nova York, onde cada passo desses personagens é descrito pela misteriosa garota do blog. O livro tem uma pitada de humor, é de fácil entendimento e de leitura rápida.
   Gostei muito do livro, e quero muito ler, o restante da série. O livro contém outros personagens que torna a história um pouco, mas envolvente, um pouco mais cômica. No livro você encontra romance, traições, jogos... Eu super recomendo o livro.

Páginas: 253
Editora: Record



de de

Alyson Noel - Para Sempre - Os Imortais


   Ano passado a minha amiga me emprestou esse livro, e gostei muito. Eu não me lembro com clareza do livro. Mas vou tentar expor tudo aquilo que eu lembrar.
   Ever é uma menina popular na escola, linda, tem uma família perfeita, ela tem uma vida perfeita, até que ela e sua família se envolvem em um grave acidente de carro. Ela se vê sozinha no mundo, pois ela foi à única que sobreviveu, e ainda por cima ela tem que se acostumar com os poderes que adquiriu. Ela consegue ver a aura das pessoas, e com apenas um toque pode saber a vida da pessoa toda.
   Ever vai morar com a sua tia, onde ela terá que viver em outra cidade e em outra escola, nessa escola ela se excluíra de grupos e ela só tem dois amigos.
    Até que um dia aparece o jovem Damen, um rapaz lindo, charmoso, irresistível. Ele se senta ao lado dela, o que todas as pessoas ficam abismadas, pois o menino lindo daquele, se sentar ao lado daquela menina estranha.
   Ever, sempre que está perto de Damen se sente a vontade, pois ela não consegue vê a aura dele, e nem consegue ler o pensamento dele. E aos poucos eles vão se aproximando, e é quando vai acontecendo uma linda história de amor.
   Eu adoro ler livros de ficção, principalmente quando tem romance. Com esse livro não foi diferente. O livro me agradou bastante. Aos poucos vamos descobrindo, os poucos mistérios, que o livro possui. O livro é de fácil entendimento e de leitura rápida.
   Damen fica escondendo segredos de Ever, e isso acontece também com Ever que esconde segredos do Damen, o que às vezes gera uma discussão.
   Eu super recomendo esse livro! Eu to querendo ler o segundo livro:  lua azul.

Páginas: 304
Editora: Intrínseca

03/05/2012

de de

"Sou um coração bom, com jeito de menina"


Gente, tenho uma novidade: ganhei o livro “Etecétera” das autoras Valéria Sales e Emanuella Rachel. É um livro de poesia muito interessante, apesar de não ser acostumada com esse tipo de leitura, me encantei!
Contudo, desde o nome até seus magníficos escritos me chamaram muita atenção, entrando numa atmosfera sentimental onde as autoras conseguiram expressar o que realmente se passava na mente e, principalmente, no coração.
Vocês devem imaginar que sou uma pessoa pouco racional e muito sentimental, né? Então, foi impossível não se emocionar com algumas poesias, me identificando com diversas delas e não consegui parar de ler enquanto não terminei toda a leitura.
Dentre as poesias que mais apreciei, vou citar algumas que me identifiquei como: “Doença Chamada Saudade”, descreve os efeitos cruéis deste sentimento; “Efeito Fênix”, mostra a superação de uma pessoa sem esperança; “Busca”, é a busca incessante do amor; “Passado Diante dos Meus Olhos”, é a releitura do passado sob a visão do presente.
Bom, eu poderia listar todas as poesias deste livro como favoritas. É muito bom, recomendo! Agora eu tenho uma fila interminável de amigos que vão ler o livro rs.


Para a compra do livro Etecétera  entre em contato com:

            email: manu.rachel@hotmail.com ou a val.sms@gmail.com 
       


P.S.: A apresentação faz jus ao conteúdo.
Obs: Et Cetera que dizer no dicionário – E as demais coisas; e assim por diante.

Páginas: 108
de de

Entrevista com a escritora Tammy Luciano

   Eu tive a oportunidade de entrevistar a escritora Tammy Luciano, foi super agradável ao responder as minha perguntas.


1) Com quantos anos você percebeu que queria ser escritora?


              Desde criança, eu já escrevia. Mas nunca imaginei que escreveria livros, muito menos que estariam nas livrarias do Brasil. Eu achava que minhas escritas morariam em papéis na gaveta, que eu ia escrever para ser feliz, só para mim. Aos poucos, fui vendo as pessoas gostando, meus amigos elogiando meus poemas e crônicas, atores pedindo textos de teatro. Quando me dei conta, a escrita era grande parte de mim, o que me conectava no mundo de uma maneira positiva. Então, fica em mim a sensação de eu ter vontade de ser artista a vida inteira, até porque além de escritora, sou atriz e cursei jornalismo, responsável por me ajudar a ser uma profissional mais preocupada com a sociedade.

2) Qual foi o seu primeiro livro? Ele demorou muito para ser publicado?
         
             Fernanda Vogel na Passarela da Vida foi meu primeiro livro e foi muito diferente do primeiro livro de muitos escritores. A cobrança foi muito grande, a Fernanda Vogel era uma garota famosa, entrevistei pessoas importantes como Ellen Jabour, Daniela Darahyba e Luciano Huck. Eu demorei um ano e meio preparando o livro e recebi aprovação da minha antiga editora uma semana depois de mandar o original. Levei um susto e foi maravilhoso saber que depois de tanto trabalho, tinha acontecido. Quando o livro saiu, muitos jornalistas me procuraram, o livro teve uma receptividade muito grande, então foi tudo bem diferente da batalha que é o primeiro livro de um autor. Mas depois com meus outros livros, aprendi como teria que trabalhar para divulgar meus originais e batalhei muito tanto em Novela de Poemas, quanto em Sou Toda Errada. Mas não posso reclamar, a batalha dos meus livros anteriores me fez chegar até a editora Novo Conceito e publicar Garota Replay pelo Selo Novo Conceito Jovem.

3) Você teve apoio pra ser escritora? De quem?

                Algumas pessoas foram fundamentais para que eu conseguisse conquistar meu espaço. Primeiro minha família que sempre me apoiou e acreditou que daria certo. Meus pais e minha irmã comemoraram cada vitória e estiveram do meu lado. Nem sempre foi fácil, mas eles nunca desistiram de acreditar em mim. Por isso, os leitores conhecem meus familiares, quero eles sempre perto de mim, vivendo esse momento bom. A Myrian Vogel também foi muito importante e inesquecível, eu costumo dizer que ela é minha madrinha literária porque foi a primeira pessoa além da minha família a acreditar que eu tinha capacidade de escrever um livro e assim nasceu meu primeiro original, Fernanda Vogel na Passarela da Vida. Hoje a Myrian é uma grande amiga, sempre torcendo para o melhor acontecer para mim. E não posso esquecer dos leitores, alguns acompanham meu trabalho há anos, estão presentes desde que eu não tinha pessoas acompanhando minha carreira.

4) O que você mais gosta de fazer?

               Ser feliz. Por isso tenho costume de autografar dizendo: Seja sempre feliz! Acredito que pensar coisas boas é capaz de mudar sua vida inteira. Cada dia mais, tento me afastar de pensamentos ruins e focar no bem. Estou hoje recomeçando de alguma forma, vivendo um momento muito forte de retomada e mês passado foi um mês de respirar fundo, pensar na minha saúde, porque acho que quando diz "assim não vai dar", você precisar pausar os passos e refletir. Quando achei que estava ficando fraca, trabalhando demais, me deixando envolver por muita tensão, as pessoas que eu amo me rodearam e me fizeram lembrar como sou amada. Agora estou abrindo essa porta, desejando muita coisa boa para o futuro porque eu trabalho muito, batalho ainda mais e é isso que me faz feliz! Que sejamos sempre felizes é minha maneira de lembrar para as pessoas e para mim que podemos sim ser feliz.

5) Você se considera uma pessoa realizada?

             Eu me sinto hoje em paz, vendo o que sonhei acontecendo, mas ainda quero escrever muitos livros e crescer como profissional. Ontem recebi uma mensagem de uma leitora que nossa me fez um bem enorme. Acho que os leitores não tem ideia do quanto podem ser eficazes na vida de um escritor. Ela me agradeceu em uma mensagem tão linda, comentou como meus livros fizeram bem para ela e pediu que Deus me abençoe ainda mais. Fiquei mexida com a profundidade da mensagem. Sempre escrevi para me libertar, para me realizar internamente, mas quando você percebe que isso melhora a vida das pessoas, isso se torna ainda maior e a gente passa a entender o verdadeiro sentido da literatura.

6) Você acha que a vida de escritor aqui no Brasil é muito dificil?


               Acho muito difícil sim. O Brasil tem uma dificuldade enorme de incluir a profissão do escritor na rotina do país. O escritor luta muito, trabalha anos sem ganhar nada e existe muito pouco incentivo. Os autores nacionais estão batalhando muito, lutando para derrotar preconceitos e gosto de imaginar que a geração da qual faço parte está conseguindo conquistas especiais. Espero que a gente consiga derrubar o preconceito com o livro nacional e facilitar a publicação de um livro para as futuras gerações. Quem pensa que o Brasil não está lendo, está enganado. Estamos lendo sim e vamos aumentar ainda mais esses números. 

7) O que você diria para aqueles que estão começando a sua vida de escritor?

               Acredite intensamente, mesmo que ainda não tenha nada e ache que é difícil. Seja incansável, escreva todo dia, batalhe, divulgue seu trabalho. Se tem algo que ninguém tira de você é o texto. Aliás, minha escrita me fortalece a cada dia porque podem tentar tirar tudo de mim, mas a minha emoção enquanto escrevo é pessoal e intransferível. Quero aproveitar e agradecer demais o carinho comigo, Amanda! Muito sucesso para o Tale of Amanda! Um beijo especial para todos os meus leitores  lindos que estão do meu lado sempre, dando um apoio enorme. Desejo a todos que sejam sempre felizes e realizem sonhos!

LINK-ME

Amanda's Tale - Livros
 

REDES SOCIAIS

FOLLOW