12/07/2017

de de

Lorraine Heath - Codinome Lady V



Sinopse: Cansada de rejeitar pretendentes interessados apenas em seu dote escandalosamente vultoso, Minerva Dodger decide que é melhor ser uma solteirona do que se tornar a esposa de alguém que só quer seu dinheiro. No entanto, ela não está disposta a morrer sem conhecer os prazeres de uma noite de núpcias e, assim, decide ir ao Clube Nightingale, um misterioso lugar que permite que as mulheres tenham um amante sem manchar sua reputação. Protegida por uma máscara e pelo codinome Lady V, Minerva mal consegue acreditar que despertou o desejo de um dos mais cobiçados cavalheiros da sociedade londrina, o Duque de Ashebury. E acredita menos ainda quando ele começa a cortejá-la fora do clube. Por mais que ele seja tudo o que ela sempre sonhou, Minerva não pode correr o risco de ele descobrir sua identidade, e não vai tolerar outro caçador de fortunas. Depois de uma noite de amor com Lady V, Ashe não consegue tirar da cabeça aquela mulher de máscara branca, belas pernas e língua afiada. Mesmo sem saber quem ela é, o duque nunca tinha ficado tão fascinado por nenhuma outra mulher antes. Mas agora, à beira da falência, ele precisa arranjar muito dinheiro, e rápido. Sua única saída é se casar com alguma jovem que tenha um belo dote, e sua aposta mais certeira é a Srta. Dodger, a megera solteirona que tem fama de espantar todos os seus pretendentes.

            Olá pessoal, tudo bem? Trouxe mais uma resenha de livro para vocês, dessa vez esse livro veio em parceria com a Editora Gutenberg, ultimamente estou gostando bastante do gênero romance histórico e esse livro trata de contexto, vamos conferir?
            Nesse livro conhecemos nossa mocinha Lady Minerva, uma solteirona convicta, mas a mesma não leva esse rótulo por falta de pretendentes e sim porque ela dispensa todos aqueles que a procuram, pois todos estão interessados em seu grandioso dote.
            Minerva quer se casar por amor, ser feliz e não viver um casamento fracassado, onde na época muitas mulheres tinham que tolerar as traições e grosserias de seus maridos, é a partir daí, que nossa mocinha toma uma atitude extrema, ela quer conhecer os prazeres da vida conjugal e para realizar esse desejo decidi ir ao Clube Nightingale.


“Mesmo sem a advertência, ela não o teria usado. Ela não estava tão atordoada pela proximidade dele que não conseguisse pensar com clareza. Talvez seus pulmões tivessem parado de funcionar direito, mas sua cabeça continuava em forma.”


            Nesse clube, onde todas as mulheres usam máscaras para esconder sua identidade dos homens que estão lá para saciar os desejos escondidos dessas mulheres, conhecemos o Duque de Ashebury, que assim que ver nossa mocinha fica encantado e a quer em sua cama.
            A partir daí, nossos mocinhos vão se envolver, e o nosso duque fica curioso com a identidade de sua donzela, e aos poucos ele vai desconfiando de quem é atrás daquela máscara. E assim, começa a se apaixonar pelas duas e não sabe o que fazer, deseja estar com a amante com língua afiada e a donzela que pode lhe salvar, pois sua situação financeira muda, fazendo com ele precise se casar logo, para que possa recuperar tudo aquilo que ele perdeu, será que nossa mocinha vai descobrir? O que será que ela vai fazer?


“Ele seria capaz de rir se ela não estivesse tão séria. Sim. Ela poderia ser a Lady V. Não, ela era prática demais para isso. Então lhe ocorreu que Minerva talvez fosse prática o bastante para querer saber o motivo de tanta conversa a respeito do Clube Nightingale. Ousada bastante para ir conferir.”


            Bom, esse livro traz um nova visão de um romance histórico, onde os pais de nossa mocinha não a obrigam a casar e deixam ela ter sua própria opinião a respeito de seus pretendentes, e o mais crível é que a mesma possui uma inteligência única que antigamente só os homens poderiam ter, mas, seu pai não tinha essa mentalidade e a ensinou tudo aquilo que uma dama não deveria saber.
            O livro me prendeu de uma forma maravilhosa, estava cada vez mais curiosa com o desenrolar da história, a única coisa que me desagradou é que o ritmo da leitura é bem lento, fazia com que eu ficasse louca com o desfecho.
            Dos livros de romance histórico, foi o que eu achei que a cena de sexo ela mais detalhada e mais intensa, por isso não recomendo para menores de 18 anos, mas o livro não se torna pornô ou vulgar, a escrita da autora é mais sensual e poética.
            Achei lindo a forma que nosso mocinho se descobri a apaixonado e a forma na qual ele demostra tal sentimento, nossa mocinha é forte e determinada, mais ao mesmo tempo sonhadora e que amar e ser amada.
            E aí, o que acharam? Já leram esse livro? Espero que tenham gostado e que estejam sempre acompanhando o blog, nãos e esqueçam de segui-lo para ficar por dentro de qualquer novidade. Beijos, até o próximo post.

Título original: Falling Into Be with a Duke
Título: Codinome Lady V
Editora: Gutenberg
Edição: 1ª – 2017
Gênero: Romance Histórico
Avaliação: 3/5
ISBN: 978-85-8235-419-3

           

3 comentários:

  1. Achei legal

    Beijos,
    www.thalitamaia.com

    ResponderExcluir
  2. Uma dica de livro é sempre útil, também adoro o gênero romance histórico!

    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
  3. Acho que já vi esse em algum lugar aqui...


    Beijinho e bom fim de semana *
    https://diamonds-inthe-sky.blogspot.pt/

    ResponderExcluir

Seja bem-vindos ao Amanda's Tale, deixe seu recadinho, que é um prazer ver a opinião de vocês, eu não repondo por causa do layout do meu blog, mas se tiver um blog é só deixar o link abaixo da mensagem que você poderá ter certeza que retribuirei a visitinha.

Beijos,
Volte Sempre!

LINK-ME

Amanda's Tale - Livros
 

REDES SOCIAIS

FOLLOW