30/10/2015

de de

Tim Marvim - 666: Caçadores de Demônios

          
 Sinopse: Um misterioso assassinato no convento de Santa Maria delle Grazie, em Milão, é o ponto de partida desta trama eletrizante e envolvente. Acusado pela morte de frei Abelardo, o jovem Michael vê-se obrigado a fugir do convento para não ser preso e acaba envolvido numa perseguição cinematográfica a fim de escapar não só da polícia, mas de fanáticos religiosos, os quais imaginam que o rapaz descobriu o local onde se encontra o fabuloso tesouro templário. Após ter achado três livros preciosíssimos no subsolo do convento, Michael começa a investigar o que há de verdade naqueles velhos manuscritos. Para provar sua inocência, ele precisará desvendar o maior segredo de todos os tempos, um segredo tão terrível, que vem sendo guardado a sete chaves pela igreja há quase mil anos.

            Olá pessoal, tudo bem? Enfim, venho trazer mais uma resenha de livro para vocês, eu sei que demorei bastante, porém eu não consegui ler nada e fica meio complicado né? Então, vamos conferir?

            Nesse livro desvendaremos o mistério através de relíquias que foram encontradas pelo padre Michael, da mesma forma que acontecerá um assassinato, e o grande suspeito é o pupilo – padre Michael; Entretanto, depois que o padre encontra as relíquias ele é caçado pelos fiéis da igreja católica, pois essas relíquias poderá mudar muita coisa sobre a religião.
            Da mesma forma, que o livro traz outra vertente que são os enganadores, que se constituiu a partir do Beato Simão que fingi fazer milagres, onde ele e paga pessoas para fingir ter problemas físicos e depois paga os mesmos para ficar de boca fechada, mas Frei Abelardo descobre sobre o “falso profeta” e logo depois o mesmo aparece morto.

“Alguns homens levantaram-se para detê-la mas Beato Simão fez um gesto, pedindo que ela se aproximasse. – Mulher, qual motivo de tua aflição?; - Mestre pedir minha vista há três anos [...]; [...] – Mulher tua fé te curou!”

            É assim que as duas vertentes se interligam, pois Michael era pupilo de Frei Aberlardo e fora o último a vê-lo com vida, então, padre Michael terá que correr contra o tempo para mostrar sua inocência, mas como fazer isso se ele possui relíquias de muito valor?

“Enquanto isso, Frei Abelardo volto para jardim do claustro, onde Michael continuava esperando por ele. Havia prometido revelar um segredo ao amigo, mas agora eram dois.”

            O livro é bem legal, a linguagem do mesmo é rebuscada e de médio entendimento, o autor fala muito de anos, ou seja, têm muitos dados “históricos”, o enfoque central do livro é a religião, e claro desvendar mistérios.
            Eu particularmente não gostei da capa, ela me dá certo medinho, as folhas são brancas e as letras pequenas (o que me atrapalhou bastante na leitura), o livro traz algumas fotos que tem haver com a história.
            Recomendo para todos os amantes de leitura, que tem interesse nesse tipo de leitura, você apreciará muito. Espero que goste, que continue acompanhando o blog, beijos, até o próximo post.

Título: 666 – Caçadores de Demônios
Editora: -
Edição: 1ª - 2009
Gênero: Mistério
Páginas: 230

ISBN: 857-904-012-4

0 comentários:

Postar um comentário

Seja bem-vindos ao Amanda's Tale, deixe seu recadinho, que é um prazer ver a opinião de vocês, eu não repondo por causa do layout do meu blog, mas se tiver um blog é só deixar o link abaixo da mensagem que você poderá ter certeza que retribuirei a visitinha.

Beijos,
Volte Sempre!

LINK-ME

Amanda's Tale - Livros
 

REDES SOCIAIS

FOLLOW