05/02/2015

de de

Divulgação do Livro: Eu, Inabalável

            Olá bookhead, tudo bem? Venho trazer uma novidade para vocês, o nlog fechou mais uma parceria, e o autor presenteou o blog com um livro de cortesia para ser resenhado, um livro que aparenta mexer com o nosso psicológico, borá conhecer um pouco do autor e da estória?

          
  Josué Matos, pessoa matemática, exata, reta... Sempre foi leitor frequente de romances e isso o levou ao desejo do desenvolvimento de novas inteligências que acabaram definindo o seu gênero literário, ficção policial, uma mescla dele... Após muito estudo e leitura de muitas obras para a sua definição de estilo próprio, tornou-se escritor. Escrever é uma aventura, junta-se a ele em cada nova trama, torne-se também um viajante das letras.






Sinopse: Leonardo desperta. Olha para o relógio de cabeceira e percebe que ainda tem bastante tempo para se arrumar e ir para o colégio. Ao se levantar sente algo diferente. Verifica o quarto. Tudo está em seu devido lugar. Ele coça os olhos para ter certeza que está desperto. A sensação de incomodo continua dentro dele. Ao descer do ônibus percebe uma grande aglomeração de gente em frente a antiga loja de esquina, próximo a entrada da escola. Curioso vai em direção a multidão. A cada passo dado a sensação de desconforto aumenta. Ao tentar se aproximar da faixa de segurança colocada pela polícia, sente o braço ser puxado por seu amigo Luis, todavia é tarde, já havia reconhecido as roupas de seu irmão Alan. Não consegue segurar as lágrimas, desesperado corre em sua direção, é impedido por policiais. Só lhe resta gritar para que ele lhe ouvisse, não há resposta, Alan está morto.




            Imagine-se tendo seu irmão morto, assassinado. Sua mãe internada em estado de choque. Seu pai consumido pelo ódio. A policia nada fez. Você quer vingança, mas o mal poderá roubar seu grande amor. Você iria até o Fim?



            Mergulhe nessa batalha travada dentro do coração de Leonardo. Compartilhe suas dúvidas e medos. Descubra junto com ele que vingança não significa justiça, e que o ódio não pode conviver com o amor.



0 comentários:

Postar um comentário

Seja bem-vindos ao Amanda's Tale, deixe seu recadinho, que é um prazer ver a opinião de vocês, eu não repondo por causa do layout do meu blog, mas se tiver um blog é só deixar o link abaixo da mensagem que você poderá ter certeza que retribuirei a visitinha.

Beijos,
Volte Sempre!

LINK-ME

Amanda's Tale - Livros
 

REDES SOCIAIS

FOLLOW