27/09/2013

de de

Adelson Corrêia da Costa - As Flores do Ruanda

            Olá queridos leitores, tudo bem? Vim trazer mais uma resenha, é de um livro brasileiro. Mas é diferente dos livros que costumo resenhar. Então vou começar a falar do que o enredo.
            O livro trata de um assunto triste, baseado em fatos reais. É sobre o genocídio que houve na Ruanda – África em 1994. Sendo que são fatos reais ficcionais, pois o autor não achou justo usar a história verdadeira.
            Durante o desenrolar da estória, conhecemos Dra. Isabelle, uma médica sem fronteira, americana, que foi mandada para a Cruz Vermelha de Ruanda para trabalhar juntamente com o Dr. Mike, com quem no prosseguir da estória tem um caso.
            Ao chegar a Ruanda, Isabelle percebe que o país é separado por etnias: Hutus, Tutsis e Twas. Os twas sofrem preconceito dos hutus e dos tutsis, e muitas vezes são agredidos, as meninas violentadas, e os criminosos ficam impunes, pois não existe lei que protege os twas.
            Então Isabelle, acaba defendendo os twas, que além de ser pequenos, são a minoria de Ruanda. Eles passam muita necessidade, pois eles não conseguem empregos, e tem que se virar para conseguir sustento. Eles são considerados indigentes, pois não tem nenhum documento, não tem acesso à escola....
            Isabelle tenta mudar esse quadro, mas é muito difícil, pois o preconceito está enraizado nessa sociedade.
            Ainda tem os hutus que são os piores de todos, e quer tornar Ruanda um lugar apenas de hutus. Existe uma milícia que faz de Ruanda um caos, e que seus habitantes fiquem temerosos, principalmente os tutsis e os twas.
            Essas milícias estupram, matam, torturam... Sem lhes acontecerem nada. Até que alguns acontecimentos que vai ocorrendo no desenrolar da estória, é travada uma guerra civil entre os tutsis e os hutus. Com várias mortes, principalmente dos tutsis.
            Nessa guerra só poderia sair um vencedor, mais para saber você terá que ler essa estória fascinante. Com personagens eletrizantes. O enredo é bem desenvolvido, faz com que você sinta o que os personagens estão sentindo.
            É uma estória comovente, que faz você pensar nesses momentos ruins que a Ruanda passou. É um livro que faz você refletir, pois fala da violência, da miséria, do egoísmo, política, poder... É uma trama, psicológico, como um jogo de xadrez onde só um dará o xeque mate.
            Os hutus fizeram com que eu sentisse raiva deles, que muitas vezes eu desejava a morte deles, pois eles eram muito cruéis. Eles mostravam que não tinham amor ao próximo, que tudo que importava era eles. O que nos leva a pensar no eu, pois as pessoas não pensam mais no outro, se eu tive bem, isso basta.
            Mas também vemos pessoas que tentam fazer a diferença, que pensa no todo. Pois a protagonista Isabelle, não precisava ir pra Ruanda, uma menina bonita, rica, pai político, ela poderia muito bem viver no mundinho dela, e esquecer-se das tragédias que ocorrem no mundo, mas não ela decide ir pra Ruanda, e lutar contra a discriminação, tentando fazer um país mais justo e democrático.
            No livro também temos alguns personagens secundários como: Mukono, Tharcisse, Rose e muitos outros que dão vida a essa magnifica estória, mostrando o lado cinza de muitas vidas que foram perdidas no genocídio que houve.
            Mas flores sempre estão desabrochando e espalhando seu perfume, com a esperança de um mundo melhor.
“Enquanto você lutar haverá esperança.”
Editora: Livro Pronto
Páginas: 427


2 comentários:

  1. Oi, Amanda, obrigado pela sua bela resenha. Que legal que tenha gostado do livro. Um abraço, querida.

    ResponderExcluir
  2. Algum tempo li relatos sobre o massacre que aconteceu em Ruando, fique pensando como o ser humano arruma desculpa para descriminar o outro, e pela cor, pela crença, ou pela opção sexual se que pode ser chamando assim, mas tudo e motivo, sua resenha mostra mais uma face do que nos fechamos os olhos, infelizmente, parabéns pela resenha.

    http://loucaescrivaninha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Seja bem-vindos ao Amanda's Tale, deixe seu recadinho, que é um prazer ver a opinião de vocês, eu não repondo por causa do layout do meu blog, mas se tiver um blog é só deixar o link abaixo da mensagem que você poderá ter certeza que retribuirei a visitinha.

Beijos,
Volte Sempre!

LINK-ME

Amanda's Tale - Livros
 

REDES SOCIAIS

FOLLOW