03/05/2012

de de

Entrevista com a escritora Tammy Luciano

   Eu tive a oportunidade de entrevistar a escritora Tammy Luciano, foi super agradável ao responder as minha perguntas.


1) Com quantos anos você percebeu que queria ser escritora?


              Desde criança, eu já escrevia. Mas nunca imaginei que escreveria livros, muito menos que estariam nas livrarias do Brasil. Eu achava que minhas escritas morariam em papéis na gaveta, que eu ia escrever para ser feliz, só para mim. Aos poucos, fui vendo as pessoas gostando, meus amigos elogiando meus poemas e crônicas, atores pedindo textos de teatro. Quando me dei conta, a escrita era grande parte de mim, o que me conectava no mundo de uma maneira positiva. Então, fica em mim a sensação de eu ter vontade de ser artista a vida inteira, até porque além de escritora, sou atriz e cursei jornalismo, responsável por me ajudar a ser uma profissional mais preocupada com a sociedade.

2) Qual foi o seu primeiro livro? Ele demorou muito para ser publicado?
         
             Fernanda Vogel na Passarela da Vida foi meu primeiro livro e foi muito diferente do primeiro livro de muitos escritores. A cobrança foi muito grande, a Fernanda Vogel era uma garota famosa, entrevistei pessoas importantes como Ellen Jabour, Daniela Darahyba e Luciano Huck. Eu demorei um ano e meio preparando o livro e recebi aprovação da minha antiga editora uma semana depois de mandar o original. Levei um susto e foi maravilhoso saber que depois de tanto trabalho, tinha acontecido. Quando o livro saiu, muitos jornalistas me procuraram, o livro teve uma receptividade muito grande, então foi tudo bem diferente da batalha que é o primeiro livro de um autor. Mas depois com meus outros livros, aprendi como teria que trabalhar para divulgar meus originais e batalhei muito tanto em Novela de Poemas, quanto em Sou Toda Errada. Mas não posso reclamar, a batalha dos meus livros anteriores me fez chegar até a editora Novo Conceito e publicar Garota Replay pelo Selo Novo Conceito Jovem.

3) Você teve apoio pra ser escritora? De quem?

                Algumas pessoas foram fundamentais para que eu conseguisse conquistar meu espaço. Primeiro minha família que sempre me apoiou e acreditou que daria certo. Meus pais e minha irmã comemoraram cada vitória e estiveram do meu lado. Nem sempre foi fácil, mas eles nunca desistiram de acreditar em mim. Por isso, os leitores conhecem meus familiares, quero eles sempre perto de mim, vivendo esse momento bom. A Myrian Vogel também foi muito importante e inesquecível, eu costumo dizer que ela é minha madrinha literária porque foi a primeira pessoa além da minha família a acreditar que eu tinha capacidade de escrever um livro e assim nasceu meu primeiro original, Fernanda Vogel na Passarela da Vida. Hoje a Myrian é uma grande amiga, sempre torcendo para o melhor acontecer para mim. E não posso esquecer dos leitores, alguns acompanham meu trabalho há anos, estão presentes desde que eu não tinha pessoas acompanhando minha carreira.

4) O que você mais gosta de fazer?

               Ser feliz. Por isso tenho costume de autografar dizendo: Seja sempre feliz! Acredito que pensar coisas boas é capaz de mudar sua vida inteira. Cada dia mais, tento me afastar de pensamentos ruins e focar no bem. Estou hoje recomeçando de alguma forma, vivendo um momento muito forte de retomada e mês passado foi um mês de respirar fundo, pensar na minha saúde, porque acho que quando diz "assim não vai dar", você precisar pausar os passos e refletir. Quando achei que estava ficando fraca, trabalhando demais, me deixando envolver por muita tensão, as pessoas que eu amo me rodearam e me fizeram lembrar como sou amada. Agora estou abrindo essa porta, desejando muita coisa boa para o futuro porque eu trabalho muito, batalho ainda mais e é isso que me faz feliz! Que sejamos sempre felizes é minha maneira de lembrar para as pessoas e para mim que podemos sim ser feliz.

5) Você se considera uma pessoa realizada?

             Eu me sinto hoje em paz, vendo o que sonhei acontecendo, mas ainda quero escrever muitos livros e crescer como profissional. Ontem recebi uma mensagem de uma leitora que nossa me fez um bem enorme. Acho que os leitores não tem ideia do quanto podem ser eficazes na vida de um escritor. Ela me agradeceu em uma mensagem tão linda, comentou como meus livros fizeram bem para ela e pediu que Deus me abençoe ainda mais. Fiquei mexida com a profundidade da mensagem. Sempre escrevi para me libertar, para me realizar internamente, mas quando você percebe que isso melhora a vida das pessoas, isso se torna ainda maior e a gente passa a entender o verdadeiro sentido da literatura.

6) Você acha que a vida de escritor aqui no Brasil é muito dificil?


               Acho muito difícil sim. O Brasil tem uma dificuldade enorme de incluir a profissão do escritor na rotina do país. O escritor luta muito, trabalha anos sem ganhar nada e existe muito pouco incentivo. Os autores nacionais estão batalhando muito, lutando para derrotar preconceitos e gosto de imaginar que a geração da qual faço parte está conseguindo conquistas especiais. Espero que a gente consiga derrubar o preconceito com o livro nacional e facilitar a publicação de um livro para as futuras gerações. Quem pensa que o Brasil não está lendo, está enganado. Estamos lendo sim e vamos aumentar ainda mais esses números. 

7) O que você diria para aqueles que estão começando a sua vida de escritor?

               Acredite intensamente, mesmo que ainda não tenha nada e ache que é difícil. Seja incansável, escreva todo dia, batalhe, divulgue seu trabalho. Se tem algo que ninguém tira de você é o texto. Aliás, minha escrita me fortalece a cada dia porque podem tentar tirar tudo de mim, mas a minha emoção enquanto escrevo é pessoal e intransferível. Quero aproveitar e agradecer demais o carinho comigo, Amanda! Muito sucesso para o Tale of Amanda! Um beijo especial para todos os meus leitores  lindos que estão do meu lado sempre, dando um apoio enorme. Desejo a todos que sejam sempre felizes e realizem sonhos!

0 comentários:

Postar um comentário

Seja bem-vindos ao Amanda's Tale, deixe seu recadinho, que é um prazer ver a opinião de vocês, eu não repondo por causa do layout do meu blog, mas se tiver um blog é só deixar o link abaixo da mensagem que você poderá ter certeza que retribuirei a visitinha.

Beijos,
Volte Sempre!

LINK-ME

Amanda's Tale - Livros
 

REDES SOCIAIS

FOLLOW