17/04/2012

de de

Stephenie Meyer - A Hospedeira


   O livro a hospedeira conta que o mundo está sendo invadido por alienígenas, e eles estão invadindo o corpo dos seres humanos para poderem habitar no planeta. Mas alguns dos seres humanos não foram pegos, e vivem escondidos. Esses humanos que não foram pegos se chamam de “selvagens”. Um desses “selvagens” são Melanie, e seu irmão, e Jared.
   Melanie tem 16 ou 17 anos, é quando ela conhece Jared, um home muito bonito, charmoso e atraente, que tem uns 37 anos. Primeiro ambos se assustam. Mas logo Jared e Melanie descobrem que nenhum e nem o outro estava habitando o corpo do outro. Então Jared decidiu ajudar Melanie e o seu irmão.
   É quando aos poucos vai nascendo um amor entre os dois, Jared tem muito pudor, com a relação entre ele e a Melanie, por ela ser muito, mas nova que ele, até que ela fala algo para ele, que ele tem menos pudor, mas sempre respeitando ela. E principalmente, por medo de que se ele perdesse a cabeça, e fosse além com ela, pois aquele não era o momento e muito menos o lugar para eles terem um filho.
   É quando Melanie decide ir busca a sua prima, o seu irmão e Jared, são contra, mas mesmo assim ela decidi ir, e pede que Jared cuide de seu irmão.
   É quando Melanie é pega, é nela habita a Peregrina. Jared e o irmão de Melanie decidem ir atrás do tio de Melanie, pois ele tem um local, onde esconde os humanos que conseguiram sobreviver.
   Mas sempre que um humano é habitado por um alien, ele desaparece, mas como ela faz parte dos humanos “selvagens”, ela não desaparece, e muitas vezes ela consegue tomar conta do seu corpo, mas Peregrina sempre volta ao controle, e Melanie não para de pensar no seu grande amor Jared e seu irmão. É quando no começo Peregrina pensa em falar tudo para o seu chefe, mas aos poucos ela se vê apaixonada por Jared, por causa dos pensamentos de Melanie. E ela cria um amor fraterno, pelo irmão de Melanie.
   É quando Peregrina decide ajudar Melanie a encontrar o seu tio. Chegando lá, ela descobre que seu irmão e Jared estão em segurança. Sendo que Jared, a maltrata muito, e quer distância dela, é quando ambas sofrem muito, é muitas vezes Jared é agressivo com Peregrina, pois ele não sabe que Melanie continua viva. E Peregrina/Melanie, ficam presas, pois todos têm medo dela, mas o irmão de Melanie, aos poucos vai percebendo que Melanie continua viva, e vai fazendo amizade com Peregrina, querendo saber das suas histórias. E aos poucos ela vai fazendo amizade com algumas pessoas de lá.
   Esse livro, não foi um dos melhores, nem um dos piores que eu já li, a história em si é muito legal, só que a autora enrolou muito, então a história ficou um pouco maçante. Um dois motivos de eu ter terminado de ler o livro é por que eu gostei muito do relacionamento de Jared com Melanie, então eu queria saber como eles ficariam. Quando chegou o final do livro, eu queria saber, mas, como ficou Melanie e Jared, que ficou um pouco vago o relacionamento deles, poderia se, mas emocionante.
   É um livro de fácil entendimento, não vou dizer que é de leitura rápida, pois muita gente pode ficar entediado, pois a autora enrola muito para chegar a alguma definição. Eu li rápido, pois eu estava muito curiosa.

Editora: Intrínseca
Páginas: 560

5 comentários:

  1. Terminei de ler A Hospedeira semana passada. Após a perca total do prestígio da Saga Crepúsculo (em minha opinião) motivada por um modismo desenfreado da ideia principal da história, acredito que A Hospedeira é de se surpreender.
    Ainda pude ver as características da saga, como os triângulos amorosos, e "monstros" do bem. Mesmo assim achei muito legal.
    Os capítulos iniciais são realmente um pouco entediantes, mas após a escapada para o deserto tudo muda, não dá vontade de parar de ler. É uma emoção atrás da outra.
    Recomento, apesar de ter repulsa pela Saga Crepúsculo. A Hospedeira tem uma ideia central hiper criativa, vale a pena conhecer essa magnífica e totalmente única história de Stephenie Meyer, que pode ser mais valorizada por continuar assim.

    ResponderExcluir
  2. Bom eu gosto da saga crepusculo, também gostei do livro a hospedeira, só que achei que a autora enrolou muito.
    E Gih Figueiredo obrigada pela participação.

    xoxo

    ResponderExcluir
  3. Concordo que ela enrolou, ficou enooorme o livro, mas acho que isso é uma característica da Stephenie :)
    Bem, prefiro livros de Agatha Christie. Muito mais interessantes e não têm mais que 200 páginas.
    No entanto, leituras grandes são muito boas também. Dan Brown e Sidney Sheldon são uma prova disso, apesar de não exagerarem como Meyer.

    ResponderExcluir
  4. Esse livro ficaria muito mas interessante se tivesse menos páginas, a autora explicar muito, tinha coisas desnecessárias no livro...

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho esse livro e não consegui chegar nem na pag 95 sem sentir vontade de dormir. ela explica muita coisa , o livro é enorme e muitas pessoas dizem que ele é bom , mas só depois da pagina 200. ou seja, ler 200 paginas querendo nunca ter lido desde o começo. mas quem sabe não tento. bjus

    ResponderExcluir

Seja bem-vindos ao Amanda's Tale, deixe seu recadinho, que é um prazer ver a opinião de vocês, eu não repondo por causa do layout do meu blog, mas se tiver um blog é só deixar o link abaixo da mensagem que você poderá ter certeza que retribuirei a visitinha.

Beijos,
Volte Sempre!

LINK-ME

Amanda's Tale - Livros
 

REDES SOCIAIS

FOLLOW